16
nov
09

Leis e projetos de lei sobre paisagem

LEIS ATUAIS DO MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS

1. LEI 4289_93 regulamenta a “Publicidade ao ar livre”.

2. LEI 3255-89 sobre Obras de Arte em edifícios, criando incentivos.

______________________________________________
LEI CIDADE LIMPA DE SP

1. Lei Cidade Limpa do Município de São Paulo

2. Cartilha produzida pela prefeitura de São Paulo, para população e comerciantes.

_______________________________
PROJETOS DE LEI EM TRÂMITE EM FLORIANÓPOLIS

1. Florianópolis mais limpa – do vereador  João Aurélio Valente Junior (PP)
– Inspirada na lei de lei do município de São Paulo, define limites e restrições idênticas para Florianópolis.

2. ” Tela histórica, artísitica e cultural” – do vereador Márcio de Souza (PT)
– Abre a possibilidade de inserções de paineis artisticos/históricos nas empenas cegas dos edifícios, com patrocinio.

3. Proposta de lei pela Comissão de Arte Pública – IPUF

19
out
09

Seminário Paisagem de Florianópolis: Presente e Futuro

Paisagem de Florianópolis: Presente e Futuro

Seminário sobre políticas públicas relacionadas à paisagem de Florianópolis, dia 25/11/2009, as 14h no CDL (Auditório José Dias > rua Felipe Schmidt, 679 – Centro).

Conheça a programação, novidades e mais informações.

19
out
09

Comunicação Visual e Paisagem Urbana

Jonatha Jünge

Projeto de pesquisa – Mestrado
orientrador: Prof. César Floriano
início: abril/2009

Pesquisa em andamento sobre mídias de comunicação visual no espaço público das cidade se São Paulo e Florianópolis.

19
out
09

Arte Pública e Paisagem Urbana de Florianópolis, SC, Brasil

3245_Guilherme2

Guilherme Freitas Grad

Orientador: César Floriano dos Santos
Defesa: 14 de dezembro de 2007
Publicação: Florianopolis, SC, 2007
Descrição Física: 212 f. : il. ; 30 cm
Resumo:

Este volume de escritos faz parte de um processo de pesquisa que começou a tomar forma em fins de 2005 e que, dentre conexões possíveis, escolheu por percorrer algumas, referentes ao campo da Arte Pública, intensificando-se em seu recorte na cidade de Florianópolis, SC.

A Arte Pública é aqui considerada não como um tipo – mas como um campo expandido das artes, configurando níveis de atuação. Permeando os espaços estriados e lisos da cidade, a Arte Pública apresenta a possibilidade de trabalhar no espaço do entre, atuando na paisagem cultural – do habitus e do caráter – da cidade. E, se uma obra de Arte Pública em si não consegue criar um lugar, ao menos pode oferecer a possibilidade de dotá-lo de caráter e significado, podendo ser trabalhada em diferentes níveis de atuação. Um destes níveis é sua gestão, por parte do poder público.

No sentido do escrito acima, a escolha da cidade de Florianópolis torna-se justificada para um olhar mais atento às suas peculiaridades. Cidade de vistas panorâmicas espetaculares, apresenta uma rápida descaracterização de referenciais paisagísticos, que a está esvaziando de significados. Sua apropriação, de maneira devastadora, pelo forte mercado imobiliário, está ajudando a destruir sua geografia e paisagem natural. A gestão municipal de obras de arte em Florianópolis, capitaneada pela recente Comissão Municipal de Arte Pública, ainda se resume a uma única lei, que trata da inserção de obras de arte em edificações. Porém, um embrião de gestão e política urbana pode ser evidenciado.

Esta dissertação discorre sobre a multiplicidade de ações concernentes ao campo da Arte Pública na cidade de Florianópolis, SC, com ênfase na questão da gestão municipal.

Assuntos:

Arquitetura
Arte
Arte municipal – Florianópolis (SC)
Comissões de arte – Florianópolis (SC)
Planejamento urbano

Texto completo em pdf